Imprimir

 

 

 

 

 

Infelizmente, como é prática comum em nosso país, há sempre aquele que acredita que pode dar ‘um jeitinho brasileiro em tudo’, assim burla e frauda a Lei da meia entrada emitindo carteira de estudante falsa.

 

Muitas vezes faz-se ou copia grosseiramente uma carteira estudantil em sua própria casa ou em gráficas de impressão rápida. Há também os que utilizam sem autorização nomes de entidades estudantes sérias para divulgar e confeccionar carteiras falsas, e em várias ocasiões recolhem o dinheiro de estudantes e nunca entregam tais carteiras. Existem também empresas como cursinhos, gráficas e emissores de crachás que se utilizam dos nomes de escolas e instituições de ensino para emitirem carteiras sem nenhum critério regulamentado. Todos estes casos citados acima configura crime de falsidade ideológica*.

Denuncie estes fraudadores e criminosos que colocam em risco um direito do estudante conquistado com décadas de luta. Ligue para nossa sede: 37 3222 6150 ou por e-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

 

  Projeto de lei quer ‘ restringir e descaracterizar  a meia entrada’

 

As associações dos produtores artísticos e de cinema veem fazendo campanhas para acabarem e restringirem a meia entrada devido esta prática criminosa.

Tramita no legislativo federal projeto de lei para alterar o dispositivo da lei que regula a emissão e uso das carteiras estudantis.

O projeto encaminhado por Eduardo Azeredo (PSDB-MG) propõe acabar com o direito a meia-entrada para estudantes em cinemas, teatros e shows. A proposta também vale para as pessoas com mais de 60 anos de idade.

Para o ‘pai do mensalão mineiro’  a meia-entrada não deve valer nos cinemas em finais de semana e feriados locais ou nacionais. E ainda para todos os outros eventos, como peças teatrais e shows, a meia-entrada não valerá de quinta-feira a sábado.

O projeto ainda cria um documento único, padronizado, de validade nacional: a Carteira de Identificação Estudantil. Cria ainda um Conselho Nacional de Fiscalização, Controle e Regulamentação da meia-entrada e da identidade estudantil. Esta medida é defendida fervorosamente pela direção da União Nacional dos Estudantes(UNE)  que quer  a volta do monopólio das carteirinhas para ela.

  A relatora do projeto na Comissão de Educação é a senadora Marisa Serrano (PSDB-MS), que apresentou um substitutivo à matéria original, do senador Eduardo Azeredo (PSDB-MG).

“Serrano denunciou ainda a pelega do PCdoB na UNE e UBES, que em nada apresenta as necessidades e interesses estudantis. ‘Chegou-se a um acordo com a UNE, UBES, representantes da área de cinema, teatro, e eu acatei esse acordo’, justifica a senadora Marisa, que incluiu a limitação dos dias em que a meia-entrada estará em vigor.”

 No Senado, antes de chegar à Comissão de Educação, a matéria foi aprovada pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), com alterações ao texto original. Na Comissão de Educação sofreu mais mudanças, após a realização de várias audiências públicas com representantes dos estudantes e dos produtores culturais.

 

Milhões de estudantes brasileiros ainda não tem acesso aos benefícios da meia entrada e muitos ainda nem conhecem tais benefícios. Ajude-nos a levar até eles esta oportunidade, torne-se um de nossos colabores oficiais entre em contato conosco, ligue para nossa sede: 37 3222 6150 ou por e-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

 

·        Falsidade ideológica -  Falsidade intelectual, interna, que não diz respeito à aparência, mas ao conteúdo. Crime consistente em omitir, em documento público ou particular, declaração que dele devia constar, ou nele inserir ou fazer inserir declaração falsa ou diversa da que devia ser escrita, com o fim de prejudicar direito, criar obrigação ou alterar a verdade sobre o fato juridicamente relevante.

 

 



Artigos da entidade

A meia entrada deve ser concedida em ingressos antecipados e pacotes?

A meia entrada deve ser concedida em ingressos antecipados e pacotes?

  Claro que sim! A lei da meia entrada abrange todas as formas de ingressos para eventos que promovam cultura , a arte, o esporte e a educação.  

Denuncie os fraudadores

Denuncie os fraudadores

          Infelizmente, como é prática comum em nosso país, há sempre aquele que acredita que pode dar ‘um jeitinho brasileiro em tudo’, assim burla e frauda a Lei da meia entrada emitindo carteira de estudante falsa.

Nova Lei da meia entrada

Nova Lei da meia entrada

  Foi uma conquista do movimento estudantil brasileiro após décadas de luta, e garante o direito a todos os estudantes pagarem a mentade do valor do ingresso em eventos culturais, esportivos.

As 10 Estratégias de Manipulação da Mídia

As 10 Estratégias de Manipulação da Mídia

O linguista estadunidense Noam Chomsky elaborou a lista das “10 estratégias de manipulação” através da mídia:  1- A ESTRATÉGIA DA DISTRAÇÃO. 2- CRIAR PROBLEMAS, DEPOIS OFERECER SOLUÇÕES. 3- A ESTRATÉGIA DA GRADAÇÃO. 4- A ESTRATÉGIA DO DEFERIDO. 5- DIRIGIR-SE AO PÚBLICO COMO CRIANÇAS DE BAIXA IDADE. 6- UTILIZAR O ASPECTO EMOCIONAL MUITO MAIS DO QUE A REFLEXÃO. 7- MANTER O PÚBLICO NA IGNORÂNCIA E NA MEDIOCRIDADE. 8- ESTIMULAR O PÚBLICO A SER COMPLACENTE NA MEDIOCRIDADE. 9- REFORÇAR A REVOLTA PELA AUTOCULPABILIDADE. 10- CONHECER MELHOR OS INDIVÍDUOS DO QUE ELES MESMOS SE CONHECEM.

O que é a Meia entrada?

O que é a Meia entrada?

  É a lei garante o direito a todos os estudantes pagarem a metade do valor efetivo  do ingresso em eventos culturais e esportivos em todas as cidades do Brasil.  

Quem Somos

Quem Somos

  Somos uma entidade de representação e coordenação dos  estudantes de todos os níveis, de âmbito nacional.  

As cotas para ingressos de meia entrada são legais?

As cotas para ingressos de meia entrada são legais?

  Sim! Após exatos seis meses da data da sua publicação o Estatuto da Juventude entrará em vigor,  e nele foi estabelecido a cota de 40% (quarenta por cento) do total de ingressos como limite para venda de meia entrada em espetáculos culturais, esportivos e de laser, exceto na COPA FIFA 2014 e Olimpíadas no Rio em 2016 . Estão inclusos nesta cota além de estudantes, idosos e jovens de 15 a 29 anos de famílias de baixa renda (com renda familiar mensal de até  dois salários mínimos).

Quem pode beneficiar-se da carteira de estudante?

Quem pode beneficiar-se da carteira de estudante?

    Como o próprio nome já diz, só pode possuir uma carteira de estudante aquele que for capaz de comprovar tal condição de estudante.

O que o estudante deve fazer para exigir a sua meia entrada?

O que o estudante deve fazer para exigir a sua meia entrada?

  Primeiramente é importante saber que deve-se portar a carteira de estudante com a data de validade em vigor. Apresenta-la juntamente com a carteira de identidade no ato da compra do ingresso, bem como no acesso ao local do evento.  

Quais eventos devem conceder a meia entrada aos estudantes?

Quais eventos devem conceder a meia entrada aos estudantes?

Em todos eventos e locais  que promovam a arte, a cultura, o esporte, a música, o lazer e a educação.  

TJMG garante direito efetivo de meia entrada

TJMG garante direito efetivo de meia entrada

Essa decisão é válida também para os idosos, por força da Lei Federal 10.741/03 (Estatuto do Idoso).

Error: No articles to display